Perdida: um amor que ultrapassa as barreiras do tempo

10:59

Caso você descobri-se  que o seu grande amor já morreu há alguns séculos e para viver uma história digna de livro  com ele tivesse que  voltar ao tempo, mais preciso séc. XIX. Largar celular, ipad, internet, tv full Hd, banheiro, microondas, banho quente, aquele shortinho que te deixa MARILHOSA....
 Você trocaria tudo por uma história de amor?Seria meio difícil né.


Um livro 100% made in Brasil, "Perdida: um amor que ultrapassa as barreiras do tempo" escrito por Carina Rissi, para o público jovem, é uma boa pedida para ler algo gostoso e viciante.

Sofia é uma garota independente,determinada e que odeia só em pensar  na  possibilidade de casamento, mora em uma metrópoles com todas as facilidades do Séc.XXI . A sua meta é ser promovida e ter um aumento no salário.Amor? Não, isto nunca passou na mente de Sofia. Os únicos romances são dos livros que ler.

 Após Sofia comprar um novo celular que misteriosamente a leva  para o séc XIX. Somente  com as coisas que carregava na bolsa, a roupa que estava vestida e seu all star.  Ela foi parar no meio de uma estrada que não fazia  a minima onde era e como saia dali.Sem prédios, casas, lojas ou algum ponto para possível informação do local. A única coisa moderna que podia ajudá-la era o celular que não estava pegando.

No momento passou um jovem da família Clarke, o Ian que quando a viu se surpreendeu com as vestimentas de Sofia, totalmente diferente das moças que habitavam o local. Muito gentil, a recolheu e levou-a para casa, mantendo em seus cuidados. Sofia estava muito agradecida porém não queria ficar muito tempo em um lugar totalmente ultrapassado,sem banheiro, sem internet e ainda com umas roupas super diferente das que usava.Estava determinada a voltar para sua casa o mais rápido possível, mas não sabia como.

O tempo foi passando, ela se divertindo com a nova vida, a nova família, mas  finalmente ela consegue retornar e...

Uma história intensa, superdivertida e viciante. Um livro que fiquei grudada até a ultima sílaba da história. Carina Rissi, surpreendeu-me  com a qualidade que proporciona no decorrer do livro, qualidade comparada a escritora como Meg Cambot (quem gosta da Meg, super vai adorar Carina Rissi). E digo mais, fez eu pensar no meu modo de ver a vida.

 Pra quem tem curiosidade de saber se eu voltaria ao tempo para viver um amor. Bem eu não voltaria, não consigo me ver longe de tudo que me rodeia no nosso séc.XXI, mas e você? Voltaria?

You Might Also Like

2 comentários

  1. Super que demais este livro. VOu correndo baixar para ler

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu su´per indico rsrsrs. Você vai adorar

      Excluir

Opiniões e elogios sempre bem vindo.

Like us on Facebook

Flickr Images